Desenvolvimento da RAEM beneficia na participação da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” e Grande Baía de Guangdong - Hong Kong - Macau
2017-04-21 23:00:00

Desenvolvimento da RAEM beneficia na participação da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” e Grande Baía de Guangdong - Hong Kong - Macau

Fonte: Gabinete de Comunicação Social

O Chefe do Executivo, Chui Sai On, esteve, esta tarde (21 de Abril), no plenário da Assembleia Legislativa para responder às perguntas dos deputados no âmbito das acções governativas. Chui Sai On afirmou que Macau participa e contribui, de forma activa, na construção nacional de“Uma Faixa, Uma Rota”, para integrar no desenvolvimento de um conjunto de cidades da Grande Baía de Guangdong,Hong Kong,Macau, no sentido de combinar as oportunidades de desenvolvimento entre Macau, regiões e País, o que beneficia ainda mais a promoção de diversificação adequada económica e desenvolvimento contínuo da cidade.

Ao responder às perguntas dos deputados, Chui Sai On, revelou que o princípio básico da participação e contributo nos trabalhos nesta iniciativa é coordenar as necessidades do País, potenciar as vantagens de Macau e desenvolver tudo em conjunto. Acrescentou que o governo irá liderar o funcionamento do mercado para potenciar a iniciativa e a criatividade dos sectores locais, destacando os pontos mais importantes e promover, de forma gradual, os trabalhos da participação e contribuição da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”.

Chui Sai On disse que o governo criou uma Comissão de Trabalho para a construção de «Uma Faixa, Uma Rota» e que o próprio assume o cargo de presidente, para coordenar os planos gerais da participação, articular o 13º Plano Quinquenal do País ao Plano Quinquenal de desenvolvimento da Região Administrativa Especial de Macau, elaborar um projecto de trabalho anual e fiscalizar a sua implementação, bem como definir os respectivas directrizes e instruções.

Os trabalhos prioritários desta Comissão de Trabalho incluem: promover o intercâmbio económico e comercial, reforçar o acesso ao financiamento e promover a interligação entre o “papel de plataforma de serviços na cooperação comercial entre a China e os países de língua portuguesa” e a política “Uma Faixa, Uma Rota”; aproveitar as vantagens de Macau ter uma grande comunidade de chineses ultramarinos, para reforçar o intercâmbio cultural com os países que se encontram ao longo da faixa e da rota, constituindo assim uma plataforma de intercâmbio cultural; reforçar a promoção e sensibilização de "Uma Faixa, Uma Rota", e aproveitar melhor, através do lançamento de medidas favoráveis, a disponibilidade de recursos e o aperfeiçoamento dos regimes, assim como a estratégia do Governo Central que favorecer o desenvolvimento económico local. Adiantou que o governo irá incrementar em primeiro a cooperação com as províncias de Guangdong e Fujian.

Quanto à forma como Macau se integra no desenvolvimento das cidades pertencentes à Grande Baía de Guangdong,Hong Kong,Macau, Chui Sai On relembrou que já foram realizados muitos trabalhos preparatórios, incluindo vários reuniões com as cidades de Shenzhen e Jianmen, e trocou impressões com os respectivos ministérios estatais.

Adiantou que a Grande Baía de Guangdong,Hong Kong,Macau tem uma dimensão de grande escala e caso Macau seja uma das cidades principais, irá não só beneficiar a vida da população, incluindo os jovens, como também contribui para o desenvolvimento do sector financeiro local de características próprias.



Chefe do Executivo, Chui Sai On, no plenário da Assembleia Legislativa para responder às perguntas dos deputados sobre a acção governativa e assuntos sociais.


Volta