Macau e Guangdong lançam juntamente o “Registo Comercial Conveniente Guangdong-Macau – Banco-Governo Pass”
2017-05-19 18:51:00

Macau e Guangdong lançam juntamente o “Registo Comercial Conveniente Guangdong-Macau – Banco-Governo Pass”

Fonte: Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau

O Governo da RAEM tem, desde sempre, dado importância e envidado esforços no aprofundamento da cooperação Guangdong-Macau, especialmente na integração no desenvolvimento de um conjunto de cidades da Região de Grande Golfo de Guangdong, Hong Kong e Macau e, para esse efeito, foram efectuados um volume elevado de trabalhos preparativos. O Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM) sendo um organismo público responsável pela promoção do comércio e investimento, tem promovido a diversificação da economia de Macau de acordo com as linhas orientadoras e as linhas de acção governativa da RAEM. Coincidindo com a promoção do “Registo Comercial Conveniente Guangdong-Macau - Banco-Governo Pass”para a concretização da cooperação no sector Bancário e Governamental das duas regiões, é realizada hoje (dia 19) a cerimónia de activação, aproveitando esta oportunidade para apoiar as empresas de Macau, particularmente as micro, pequenas e médias empresas, as quais através do conhecimento dos referidos serviços poderão agarrar as oportunidades de negócios. A cerimónia tem atraído a participação de cerca de 100 empresas de Macau e de Guangdong.  

Organizada pela Administração Industrial e Comercial da Província de Guangdong e pelo Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), coordenada pelo Banco China Guangfa (CGB) e co-organizada pela Associação Comercial de Macau, a cerimónia de lançamento do “Banco-Governo Pass” teve lugar hoje (dia 19 de Maio), no 19.º andar do Edifício China Civil Plaza, em Macau, na qual marcaram presença como convidados de honra, a presidente substituta do IPIM, Glória Ung, o sub-director da Administração Industrial e Comercial de Guangdong, Zhang Wenxian, o presidente da Associação comercial de Macau, Ma Iao Lai, o subdiretor-geral do Departamento de Transação da sede do Banco China Guangfa, Chen Xingfei, o subdiretor-geral do Departamento Financeiro para Pequenas Empresas do mesmo banco, Jin Ye, o presidente do Banco China Guangfa, S.A., Sucursal de Macau, Hu Min, os responsáveis e Administração Industrial e Comercial de vários municípios de Guangdong, e os representantes das respectivas empresas de Guangdong e de Macau.

No seu discurso, Zhang Wenxian apontou que, a facilitação de iniciar negócios tem sido sempre o foco principal na reforma comercial mais aprofundada da Administração Industrial e Comercial de Guangdong, com o intuito de melhorar o ambiente de negócios em Guangdong e aumentar a competitividade global da economia da província. Desde 2012, Guangdong assumiu o papel piloto na reforma de regime comercial na China, tendo promovido desde a facilitação do registo industrial e comercial até todos os procedimentos em iniciar negócios, envolvendo a gestão indústria e comércio, supervisão de qualidade, tributação, segurança pública, banco, segurança social, estatística,entre outros sectores.

A Glória Ung, por sua vez, mencionou no seu discurso que a presente iniciativa permite que as pequenas e médias empresas de Macau se inteiremdas formalidades e procedimentos relacionados com o registo comercial em Guangdong, tendo ainda apresentado a sua esperança de que mais sectores participem nos trabalhos favoráveis à cooperação regional, prestando serviços convenientesàspequenas e médias empresas, para que as mesmas possam aproveitar integralmente as políticas favoráveis do CEPA, explorando o grande mercado no Interior da China e realizando um melhor desenvolvimento, o que contribuirá para a formação de um círculo virtuoso do investimento entre Guangdong de Macau. Ela encorajou, ainda, as empresas de Macau, nomeadamente as micros, pequenas e médias, a agarrarem as oportunidades acompanhadas do desenvolvimento da Região do Grande Golfo de Guangdong, Hong Kong e Macau, concretizando, desta forma, a inovação, actualização e transformação.

Na opinião do Ma Iao Lai, a cooperação entre os governos e os bancos de Macau e de Guangdong, que liga o serviço de registo comercial de Guangdong ao sítio de um banco parceiro de Macau, não apenas aumenta a atração do  ambiente de investimento entre Guangdong e Macau, melhorando o clima de negócio dos dois territórios, mas também reduz efectivamente os custos instituicioanis para a operação e iniciação de negócios em Guangdong por parte das empresas de Macau, particularmente as pequenas e médias empresas, o que favorecerá a promoção da cooperação e do desenvolvimento a nível económico e comercial entre Guangdong e Macau, e aprofundará, ao mesmo tempo, o papel de Macau enquanto plataformapara as empresas do exterior entrarem no mercado continental.

Para a presente Cerimónia foram convidados o Chefe de Divisão da Administração de Indústria e Comércio da Província de Guangdong, Dr. Wu Benpeng, Vice-Directora geral do Banco de Guangfa da China,Dra. Yuan Juan e o representante supramencionado, Dr. Chen Xingfei para apresentarem sobre a situação dos respectivos servicos, permitindo aos participantes uma melhor compreensão sobre o serviço de “Banco-Governo-Pass”. Com o funcionamento do “Banco-Governo Pass”, as empresas e os indivíduos de Macau que desejam investir em Hengqin (Zhuhai), Foshan, (incluindo Shunde), Dongguan, Zhongshan e Jiangmen podem confiar o Banco China Guangfa a solicitar o registo comercial e serviços bancários relacionados. Depois de o banco concluir online a verificação do nome da empresa, o registo comercial e a recepção do alvará de funcionamento em nome do requerente, a empresa requerente apenas precisa de se dirigir ao Banco China Guangfa na localidade onde se encontra inscrita para obter o alvará de funcionamento em papel, abrir uma conta bancária de liquidação e obter um cartão bancário de certificação electrónica. Tendo sido emitido, em conjunto, pela Administração Industrial e Comercial e pelo Banco China Guangfa, o cartão bancário de certificação electrónica trata-se de um alvará de funcionamento electrónico gratuito que também tem funções financeiras. Com apenas um cartão, as empresas podem tratar dos procedimentos administrativos e usar serviços financeiros. Com a entrada do “Banco-Governo Pass” em funcionamento, as empresas e os indivíduos de Macau podem diminuir, em certa medida, o tempo e o custo desperdiçados nas deslocações à China Continental para tratar de registo e outras formalidades relacionadas.



Os convidados presidem à cerimónia de lançamento do “Registo Comercial Conveniente Guangdong-Macau: Banco-Governo Pass”.



Os convidados entregaram os cartões bancários de certificação electrónica aos representantes das primeiras empresas de Macau que se registaram com sucesso no âmbito do Registo Comerial Conveniente.



A discussão na sessão interactiva foi muito animada.


Volta