Macau participa na Reunião Anual da Rede de Cidades Criativas da UNESCO a decorrer na Polónia
2018-06-12 20:43:00

Macau participa na Reunião Anual da Rede de Cidades Criativas da UNESCO a decorrer na Polónia

Fonte: Direcção dos Serviços de Turismo

Macau está a participar na 12.ª Reunião Anual da Rede de Cidades Criativas da UNESCO que hoje (dia 12) abriu na Polónia. Este ano co-organizada por Cracóvia e Katowice, Cidades Criativas da Literatura e da Música, respectivamente, a principal reunião anual da rede junta cidades membros de todo o mundo das sete áreas criativas cobertas pela rede. Esta é a primeira vez que Macau participa na reunião magna anual da rede desde a designação como Cidade Criativa de Gastronomia.

A directora da Direcção dos Serviços de Turismo (DST), e ponto focal da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) para a Rede de Cidades Criativas da UNESCO (UNESCO Creative Cities Network - UCCN), Maria Helena de Senna Fernandes, está na Polónia para representar a cidade na reunião anual e apresentar os planos de Macau como Cidade Criativa de Gastronomia.

Na véspera do encontro, Macau assinou um memorando para aderir a um projecto de pesquisa sobre a história da cultura gastronómica na Rota da Seda, numa das primeiras iniciativas de colaboração multilateral que Macau participa com outras cidades membros da área da gastronomia.

160 cidades membros da rede reunidas para delinear o desenvolvimento futuro
A cerimónia de abertura da Reunião Anual da Rede de Cidades Criativas da UNESCO decorreu hoje em Cracóvia, lançando uma série de sessões plenárias para as cidades membros da rede, workshops para as diferentes áreas criativas, a par com vários eventos culturais. Os participantes foram recebidos com palavras do director geral assistente da UNESCO para a Cultura, Ernesto Ottone Ramirez, dos presidentes das cidades anfitriãs, Jacek Majchrowski de Cracóvia e Marcin Krupa de Katowice, entre outros. O evento encerra a 15 de Junho em Katowice.

Mais de 370 delegados participam no encontro anual, incluindo presidentes de câmara, especialistas, académicos, artistas, entre outros do governo e sector privado, em representação de 160 cidades membros da UCCN de 64 países, das sete áreas criativas cobertas pela rede: cinema, música, literatura, artes e média, design, gastronomia, artesanato e arte popular.

A reunião deste ano decorre sob o tema “Cruzamentos Criativos”, em celebração do espírito no cerne da rede, de colaboração e criatividade como motores para um desenvolvimento urbano sustentável. No âmbito do programa do encontro anual, os delegados participam em debates, partilhas de casos de sucesso, irão delinear futuras colaborações e acordar sobre as prioridades para o ano que se segue. A ocupar um lugar cimeiro na agenda das sessões plenárias e das diferentes áreas criativas está o cumprimento e a forma como as iniciativas das cidades membros poderão contribuir mais para implementar a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

DST apresenta iniciativas de Macau como Cidade Criativa de Gastronomia
Na qualidade de uma das oito novas Cidades Criativas de Gastronomia designadas em 2017, Macau irá apresentar às outras cidades membros do grupo de gastronomia as iniciativas e planos agendados para a cidade no futuro, numa das sessões para a sub-rede de gastronomia agendada para amanhã (dia 13).

A directora da DST irá apresentar as iniciativas levadas a cabo a seguir à designação, como o lançamento de “2018 Ano da Gastronomia de Macau”, a organização do “Fórum Internacional de Gastronomia, Macau 2018”, a par com a ênfase dada à gastronomia em vários eventos, como a Parada de Celebração do Ano do Cão, a 6.ª Expo Internacional de Turismo (Indústria) de Macau, o Festival de Luz de Macau e o Festival Internacional de Cinema e Cerimónia de Entrega de Prémios • Macau, em simultâneo com o apoio à realização de eventos de gastronomia internacionais em Macau, incluindo a cerimónia de entrega de prémios dos 50 Melhores Restaurantes da Ásia, entre outros. Maria Helena de Senna Fernandes irá também expor o plano de trabalho de quatro anos (2018-2021) de Macau, conforme os compromissos assumidos na candidatura para aderir à rede, a sua consonância com a missão da UCCN e correspondência com os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável.

Macau participa nas reuniões do grupo de gastronomia em conjunto com outras 24 Cidades Criativas da Gastronomia, para rever o trabalho passado e decidir sobre os planos de desenvolvimento futuro. Os resultados das sessões de trabalho da sub-rede de gastronomia serão partilhados durante a assembleia geral da UCCN, no dia 15 de Junho, em conjunto com as demais áreas criativas.

Macau junta-se a projecto de pesquisa sobre história da cultura gastronómica na Rota da Seda
Antes da abertura da Reunião Anual da UCCN, Macau assinou no dia 11 de Junho um memorando de acordo relativo ao projecto de pesquisa: “História das Relações baseadas na Cultura da Comida na Rota da Seda”, que inclui um total de nove Cidades Criativas de Gastronomia.

Maria Helena de Senna Fernandes assinou o memorando em nome de Macau, em conjunto com representantes das Cidades Criativas de Gastronomia de Gaziantep e Hatay (Turquia), Chengdu (China), Jeonju (Coreia), Östersund (Suécia) e Rasht (Irão). Shunde (China) e Tsuruoka (Japão), que não estavam presentes na ocasião, assinam o memorando mais tarde.

Numa iniciativa de Gaziantep, antigo entreposto comercial ao longo da Rota da Seda, o projecto multilateral tem como objectivo o estudo e disseminação de conhecimento sobre a história da gastronomia e cultura nas Cidades Criativas de Gastronomia ao longo da antiga rede comercial, terrestre e marítima. Macau tornou-se numa das cidades parceiras do projecto de pesquisa dada a sua história única como porto ao longo da Rota da Seda Marítima inteiramente representada pela sua culinária macaense, bem como a participação na iniciativa de “Uma Faixa, Uma Rota”.

A 13.a Reunião Anual da UCCN decorrerá no próximo ano na Cidade Criativa de Artesanato e Arte Popular de Fabriano, em Itália. Encontros nas diferentes áreas criativas terão entretanto lugar, reunindo as cidades membros em eventos como o “Fórum Internacional de Gastronomia, Macau 2019”. Criada em 2004, a rede em rápida expansão é formada por um total de 180 cidades membros de 72 países nas sete áreas de criatividade, incluindo 26 cidades na área de gastronomia.
 


Volta